Processo burocrático de importação

Agora que todo a apurrinhação já passou, estou em condiçoes de dissertar um pouco sobre a burocracia e documentação necessária para a importação de um carro em Viena.

  • Registro do carro em Portugal: aprox. 65 euros
    • Para simplificar a situação da transferência em Portugal, eu comprei o carro no nome do Tiago, que é português e tem um endereço por lá.
  • Seguro em Portugal: 60 euros
    • Para realizarmos a viagem até Viena, o Domingos fez um seguro de 3 meses de duração. Um seguro é obrigatório em Portugal.
  • Descadastro da matrícula em Portugal: 60 euros
    • O Sr. Jorge, despachante, fez o trabalho para mim. Um descadastro é obrigatório para registrá-lo na Áustria.
  • Certificado de carro histórico: 300 euros
    • O documento mais importante, ele contém todos os relevantes dados técnicos do carro, é feito por um especialista em carros antigos. Ele afirma no documento que o carro está em um bom estado técnico e original. Isso é importante para a legalização. Para fazer esse documento, é importante juntar todos os dados do carro. A maioria das informaçoes se encontravam no manual do usuário, outras estavam dentro de revistas da época. Esse documento foi feito pelo Sr. Gross, o qual não necessariamente recomendo.
  • Visita a Landesfahrzeugprüfstelle (Departamento estadual de vistoria veicular ?!): 140 euros
    • Nesse local o Sr. Schön olhou cada detalhe da Leopoldina de forma extremamente minuciosa. É neste lugar que são encontrados os problemas. Raramente um carro passa de primeira por lá. Tem que voltar pra trazer o que faltou ou para consertar o que tá ruim. O rigor é muito grande, e por isso compensa levar o carro primeiramente a uma oficina para um check-up completo, o que mandei fazer na oficina muito boa aqui perto de casa.
  • Ministério das finanças: 0 euro
    • Uma vez que o carro recebeu o „Typenschein“, que é feito pela Landesfahrzeugprüfstelle, nada mais pode parar o processo. Agora é só ladeira abaixo. Uma pequena visita ao ministério das finanças é necessário para desbloquear o cadastro do carro. Esse bloqueio existe para quitar eventuais dívidas de alfândega (no caso, um carro da UE nao paga) e do NoVa (imposto que recai sobre veículos „normais“ e nao antigos, correspondente ao consumo e poluição do carro –> se paga o direito de poluir). Carros antigos estão isentos, portanto não paguei nada e vou poluir do mesmo jeito.
  • Seguro na Áustria:
    • Com os papéis na mão e com o carro desbloqueado, só falta o seguro austríaco. Coisa rápida e fácil de resolver. Chato é pagar os 400 euros por ano.
  • Anmeldestelle (local onde se pega as placas, algo como um cartório): 180 euros
    • Uma vez que se tem o seguro e todo o resto, só falta cadastrar o carro e pegar as placas (que são relacionadas ao seguro, e nao ao veículo como no Brasil). Uma vez que se tem as placas, é só correr pro abraço!
  • CUSTOS TOTAIS: aprox. 750 euros!

Claro que nesta conta não estão inclusos as rodas que tive que comprar ou outras despesas relacionadas a reparos no carro. 750 euros foi só para a papelada.

Advertisements

0 Responses to “Processo burocrático de importação”



  1. Schreibe einen Kommentar

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden /  Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden /  Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden /  Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden /  Ändern )

w

Verbinde mit %s




Klaus Wagner

Viena, Áustria

http://www.wagnerk.com
Advertisements

%d Bloggern gefällt das: