Archiv für August 2014



Malinha de recordaçoes das viagens

 

A Leopoldina está aí para proporcionar para mim e para minha esposa bons momentos e aprendizados. Aos poucos, iremos acumular lembranças dos passeios… E essas lembranças serão carinhosamente colocadas nessa malinha espetacular que eu comprei usada na internet.

Se trata de uma malinha de couro da década de 60 ou 70, aparentemente nunca usada. A marca é Elephant, austríaca e de extrema qualidade. Qualidade esta que não se encontra mais para vender. O preço foi ótimo, €12,50. Uma pechincha :-)))

 

IMG_5603

IMG_5602

Vredenstein Quatrac 3 – 185/65-R15

 

 

Em Portugal a Brasilia estava legalizada para rodar com pneus 185/65 R15. A regra quanto ao pneu aqui na Áustria é bastante rigorosa. É necessário que haja uma liberação individual por parte do „Detran“ daqui para se trocar as rodas, pneus e outros detalhes. Não se pode sair trocando assim e pronto. Tem que estar certo na documentação, senão o risco de multas e apurrinhação é grande. Além disso, o seguro não cobre em caso de acidente, se por ventura o item fora de permissão for o culpado pelo acidente…. E bater numa Lamborghini pode sair beeem caro.

Quando comprei a Leopolda ela estava com pneus Hankook 190/60-R15 em relativo com estado. Trocaram em 2007 aqueles pneus, mas foi muito pouco rodada. De qualquer forma eram pneus que não estavam de acordo com o documento.

Uma outra dificuldade quando se refere a Áustria, é a obrigação de se andar entre outubro e março com pneus de inverno. São pneus com frisos diferentes daqueles que se vê no Brasil e com uma fórmula de borracha muito mais macia. Como os pneus antigos da Brasilia eram de verão e eu eventualmente irei andar também no inverno, precisaria trocá-los por esse motivo também.

Optei por colocar pneus de 4 estaçoes da Vredenstein (Quatrac 3), por ter um bom custo/benefício. Pneu de 4 estaçoes quer dizer um pneu de inverno um pouco mais duro que permite também andar no verão. Ou seja, é um pneu que é mole demais no verao e nao tem o melhor dos desempenhos no inverno. Mas como a Brasilia é leve e de potência relativamente baixa, e eu ainda por cima não pretendo andar na chuva/neve com ela, considerei o pneu ideal pra mim.

Vredenstein

Lanterna traseira

 

 

A Leopoldina foi obrigada a perder um pequeno detalhe que ainda existia original por conta da legislação austríaca: a sua lanterna de direção traseira. Originalmente essa lanterna era vermelha, assim como todos os models 1976, porém como diria Arnaldo Cesar Coelho: a regra é clara.

 

Por sorte achei essa peça na cor laranja pra comprar no Brasil. Meu pai trouxe pra mim e eu instalei. Ficou menos bonito que a original, mas melhor assim do que inventar uma lampada extra de algum jeito.

Lanterna traseira


Klaus Wagner

Viena, Áustria

http://www.wagnerk.com